[FP] WERMÖHLEN, Bella Holffman

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] WERMÖHLEN, Bella Holffman

Mensagem por Bella Hølt Montgomery em Ter Set 16, 2014 9:57 pm



Isabella Rosie Holffman Wermöhlen

17 anos
Feminino
Bruxas
Poderes: Premunição.
O choro extremamente escandaloso em uníssono chamou a  atenção de todos os olhares aflitos que as cercavam os aposentos do casal Wermöhlen naquela gélida noite de 13 de Setembro. O medo transmutou-se em admiração e alívio; ela resistirá ao parto de suas três adoráveis meninas;  O estado de Arya Marie Holffman não era um dos melhores, porém esta não conseguia deixar de sorrir de adoração as pequenas criaturinhas que havia concebido; nutria o tal amor pela suas meninas por toda sua gestação, assim como seu esposo, o médium Ezra Wermöhlen, a formosa bruxa não tinha como ditar o que sentia no momento, só sabia que tudo aquilo era amor, o amor que sentia pela suas pequenas garotinhas, Donna, Bella e Chlöe, ela as adorava mesmo antes delas virem ao mundo.

A imensa alegria que decairá sobre a família de Wermöhlen com a chegada das mais novas bruxas era inabalável e não havia precisão de qualquer discernimento para que Bella entendesse o amor que lhe era dado, e a medida que esta crescia tal sentimento era retribuído nos seus pequenos atos. Era instigante o quão a pequena Rosie podia ser adorável mesmo que esta não tivesse muitos anos de idade. E o sentimento grandioso que era sentido pela moçoila refletia em suas irmãs gêmeas, Donna e Chlöe, contudo, tais sentimentos não tardaram a ser posto em prova a medida que o tempo passava.

Ninguém sequer podia imaginar que uma criança tão adorável quanto Bella podia vir a ser atormentada em quaisquer situação, afinal, a ruivinha não revelava isto, sempre muito doce e encantadora, contudo, já dizia o ditado "Não há nada oculto que não venha a ser revelado" e os piores temores de Bella passaram a se refletir em si mesma. Seu oitavo aniversário, foi quando tudo se iniciou... sempre os mesmos pesadelos. Vermelho, era a coloração que predominava em seu mundo dos sonhos, ela si via, via a seu reflexo defronte a si e era como um espelho contraditório, ela via o quão a Bella dos espelhos era perturbada, via o ódio em seu olhar, a tormenta em suas lágrimas e a ira transbordas pelos dedos firmes ao redor da alça da faca de platina. E tal pesadelo sempre terminava da mesma maneira, seu reflexo lançando-se contra ela e tudo que se ouvia eram seus gritos de aflição e o suor gélido em sua face.

Crescendo mais, a relação das irmãs tornou-se conturbada, principalmente após o súbito falecimento de Ezra, seu pai. Donna e Bella sequer se afastaram uma da outra, contudo, Chlöe mostrou-se revoltada com a perda e a dor passou a afeta-la de uma forma perigosa. Dotada do dom do ilusionismo, a caçula das trigêmeas passou a domar seu poder, preparava-se para um futuro confronto, tinha a necessidade de saber a causa da morte de seu pai e aniquilaria a qualquer um que tentasse impedi-la disto, sendo este o pior erro cometido por Donna e Bella.

O que tinha tudo para ser uma conversa entre irmãs tornou-se um tragédia para a família Wermöhlen; por alguma razão desconhecida, Chlöe passou a crer que a culpada da morte de seu amado pai era de sua mãe e esta estava decidida a vingar-se ou pelo menos saber o motivo, mesmo que não fosse verídico, Arya jamais assassinaria seu homem, contudo, Chlöe não queria saber disto. Numa inesperada ocasião, Chlöe tentou bruscamente matar sua mãe que deixara seu instinto materno de lado e assumirá que a filha tinha sérios problemas, já era tarde, a menina não a reconhecia como mãe, parecia dominada por algo que lhe tomasse qualquer bom sentimento. Bella tentou inutilmente proteger sua mãe que encontrava-se em estado precário pelos ataques de sua caçula; recebeu dois fundos cortes no pulso e antes que contemplasse a total escuridão viu seu pesadelo tornar-se realidade. O sangue rubro em si, os emaranhados cabelos vermelhos vivos de sua irmã a sua frente, sua malévola feição e seu choro amedrontador. Donna fora o anjo da guarda de Bella, protegeu-a de sua irmã perturbada, contudo, não escapou de ferimentos da possessão de sua irmã. Quando despertou, tudo que pode ver fora Chlöe ser apunhalada e instintivamente juntou-se a sua irmã e cremou o corpo da agora falecida Chlöe.

Anos se passaram e junto a Arya, Donna e Bella mudaram-se do cenário aterrador de sua nação, Escócia, e foram Luisiana, New Orleans, onde residia o Instituto Robichaux. Bella notou que tais pesadelos que costumava ter não era fantasia e sim premonições, ela se virá ser morta pela irmã e tinha profunda gratidão a Donna por ter mudado  seu destino. Olhar as duas gêmeas Wermöhlen para terceiros era algo comum, sequer sabiam eles que por detrás dos falsos sorrisos e dos olhos amendoados de ambas havia um tenebroso passado, um passado que ambas optaram por ignorar mas sabiam que nunca poderia esquecer.  
Bella
Escócia
PM.

Bella Hølt Montgomery
Banshee
Banshee

Mensagens : 7
Data de inscrição : 16/09/2014

Ficha do personagem
Cargo: Líderes de Torcida
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] WERMÖHLEN, Bella Holffman

Mensagem por Erin M. Hastings em Qua Set 17, 2014 9:29 pm

FICHA ACEITA
Bela narração. Sua matrícula foi aceita na Academia Robichaux, seja bem-vinda, logo seu quarto será criado.
Esperamos que divirta-se e que tenha um bom jogo, salientamos o respeito às regras.

_________________


Elastic Heart

Erin M. Hastings
Kitsune
Kitsune

Mensagens : 41
Data de inscrição : 09/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum