{FP} Maya D. Montgomery

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{FP} Maya D. Montgomery

Mensagem por Maya Dimitria Montgomery em Dom Set 28, 2014 9:14 pm



Maya Dimitria Montgomery

17 anos
sexo
Caçadores de Bruxas
Poderes: Metralhadora de Balas de Prata

Maya foi nascida e criada na cidade de New Orleans, filha única de Augusto e Lilian Montgomery. Cresceu em meio de amor familiar, levou uma vida um tanto costumeira e sem experimentar grandes anormalidades desde o nascimento. Vivia em uma casa no subúrbio da cidade e levava uma vida financeiramente boa, tendo ambos os pais trabalhando em uma corporação chamada Weinmann Inc. que lhe garantia o sustento. Não sabia exatamente qual era o cargo do seu pai, mas sabia que era importante dentro da hierarquia da empresa e desde pequena ouviu incentivos de familiares que diziam que ela seria exatamente como os seus pais, mas os planos da menina eram outros.
Maya sempre teve uma personalidade um tanto peculiar, gostava de se divertir, era cercada de amigos, mas ainda assim era uma das melhores alunas da sua classe e possuía uma ambição inquestionável. Aos treze anos decidiu que medicina era o seu amor e que faria de tudo para se tornar uma médica de renome e famosa. Foi aos treze anos também que conheceu Anthony, o garoto que viria a ser o seu melhor amigo e futuramente namorado. Os dois cresceram juntos até os dezesseis anos quando assumiram o relacionamento e até então tinham o mesmo grupo de amigos e eram mais próximos do que qualquer casal em sua idade. Não próximos no sentido de serem melosos como a grande maioria dos adolescentes naquela época, Anthony e Maya eram amigos, davam risadas juntos e simplesmente sabiam aproveitar a companhia do outro. Eram adorados pelos pais e por todas as pessoas que os cercavam, mas é claro que as coisas não moveram-se nesse ritmo elaborado que um dia levaria o casal a se casar e levar uma vida comum em um subúrbio qualquer dos Estados Unidos. O destino os reservava coisas maiores.
Foi numa noite de terça-feira quando Anthony foi oficialmente dado como desaparecido. O desespero pairava pela moradia dos Montgomery e pela primeira vez na vida, Maya se encontrou em uma situação da qual não sabia como sair. Ela estava perdida. Ainda assim fez tudo que veio ao seu alcance, colocou anúncios em todas as suas redes sociais, espalhou panfletos e alertou a todos os conhecidos para que se alguém o encontrasse, informasse imediatamente a qualquer outra pessoa. Serviu de suporte para a família do garoto, fazia visitar constantes à casa e dizia que tudo ficaria bem, que Anthony estava bem por mais que seu desaparecimento desse agora mais de uma semana e as chances de o menino estar morto eram simplesmente absurdas. Ainda assim, Maya se recusava a pensar nisso.
Um mês se passou e as pessoas passaram a levar a sua vida normal por mais que isso não se aplicasse à garota de cabelos escuros. Maya havia desenvolvido uma obsessão tão grande pelo sumiço do namorado que comer e dormir eram ações que ela desconhecia naquele ponto de sua vida. Era de noite, cerca de oito horas, quando estava colando novos cartazes de "desaparecido" pela cidade em uma das zonas não mais pacíficas da região. Se viu abordada por dois homens que vieram mexer com ela e em tom de defesa, correu o mais rápido que pôde. Maya só não esperava que os homens não fossem realmente humanos. Um deles pareceu se duplicar, era como se um dos meninos estivesse atrás dela e de repente surgisse um irmão gêmeo idêntico que simplesmente brotou diante do corpo da morena, impedindo a sua correria. O outro garoto que acompanhava os "gêmeos" parecia poder ler mentes. Descreveu cada pensamento e sentimento que se passou na cabeça da menina e isso apenas serviu para amedrontá-la mais. De repente os gêmeos se tornaram quatro e então cinco cópias idênticas. Maya não sabia o que estava acontecendo, estava apavorada, mas foi salva quando das sobras vieram dois tiros certeiros que tiraram a consciência dos seus agressores. A surpresa apenas aumentou quando a garota reconheceu o seu pai.
A verdade veio a tona quando foi dito que ambos os pais da menina faziam parte de uma ceita de caçadores de bruxas. Maya se sentou durante horas fazendo perguntas e ouvindo explicações sobre o mundo mágico em que viviam. Existência de bruxas e de feitiços, tudo aquilo, toda aquela ficção era real e ela não conseguia imaginar como havia passado tanto tempo da sua vida sem saber de nada daquilo. Os pais prometeram que iriam ensina-la a se defender, que ela poderia proteger a si mesma e que agora não seria mais vulnerável próxima aos bruxos. Como todo caçador, Maya fez o juramento de eliminar tudo aquilo que não fosse humano e que serviria fielmente a corporação e ajudaria a preservar a população local. Os treinamentos começaram até que, cerca de uma semana depois uma notícia abaladora fosse dada: Anthony havia sido encontrado.

Maya
americana
MP

_________________

"I LIKE HOW PEOPLE SEE THE DEVIL WITH A RED TAIL AND HORNS. NO. IT'S NOT LIKE THAT. THE DEVIL CAN BE BEAUTIFUL."

Maya Dimitria Montgomery
Coiotes
Coiotes

Mensagens : 55
Data de inscrição : 28/09/2014
Idade : 17
Localização : Beacon Hills

Ficha do personagem
Cargo: Time de Lacrosse
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum